Sol de Carvalho

Sol de Carvalho nasceu na Beira, Moçambique, 1953. Fez os seus estudos de cinema no Conservatório Nacional de Cinema em Lisboa, entre 1973 e 1974, não tendo concluído o curso. Regressou a Moçambique e trabalhou como jornalista e editor na Rádio Moçambique e na revista Tempo. Foi responsável pelo projeto semanal do KuxaKanema (jornal de atualidades feito em película) e posteriormente seu diretor durante um ano. Fundador da Cooperativa Alpha de Fotografia, da Ébano Multimédia e Promarte, da qual é diretor, as duas últimas são produtoras de referência em Moçambique. É profissional de cinema a tempo inteiro desde 1986, como realizador, produtor e roteirista. Conta no seu curriculum com vários filmes de ficção, entre os quais O Jardim do Outro Homem, Impunidades Criminosas e Mabata Bata, e documentários como Caminhos da Paz, Geração de Independência, e Kutchinga, que está em fase de conclusão. Com Mia Couto trabalhou na revista Tempo, sendo que o escritor foi guionista da primeira minissérie moçambicana realizada pelo realizador e intitulada Não É Preciso Empurrar. Depois da adaptação de Mabata Bata, os dois autores escreveram o roteiro do próximo filme de ficção de Sol de Carvalho, intitulado O Ancoradouro do Tempo e baseado no romance A Varanda do Frangipani, de Mia Couto.